2019/11/29 – G1
Por Prefeitura de Vassouras
Centro Cultural Cazuza — Foto: Divulgação/Prefeitura de Vassouras

Vassouras é conhecida como uma das cidades mais bonitas do Vale do Café. Suas fazendas, casarões históricos e a Praça Barão de Campo Belo seus principais cartões postais para o Brasil e o mundo.

Nesse contexto, a Prefeitura de Vassouras lançou mais um projeto inovador, o #VASSOURAS360 que traz uma nova perspectiva a partir de fotos dos principais pontos da cidade em 360 graus.

Praça Barão de Campo Belo

Uma das praças mais bonitas do Mundo, foi construída entre 1835 e 1857 é a principal composição de centro histórico vassourense tombado pelo IPHAN. A vista da praça sob qualquer perspectiva é um monumento aos olhos, um verdadeiro cenário de cinema. Rodeada por enormes palmeiras imperiais, tem no centro de um suntuoso chafariz construído ainda no século XIX pelo arquiteto espanhol D. Joaquim de Souto Garcia de la Veja.

Câmara Municipal de Vereadores

Uma das construções que mais chama a atenção em nosso Centro Histórico, foi o único casarão construído com finalidade pública e hoje abriga a Câmara de Vereadores. As quatro imponentes colunas da sacada foram apadrinhadas por pessoas influentes da época: Barão de Vassouras, Barão de Ribeirão, Barão de Massambará e Dr. Manoel Simões de Souza Pinto, ilustre médico vassourense.

Construído por volta de 1845, o prédio foi residência de José Francisco Maria de Assis, que o vendeu em 1849 para o genro do Barão de Itambé. Após seu falecimento, em 1871, o prédio foi transformado em sede de clubes e colégios. Mais tarde, o prédio foi sede de clubes, até ser recuperado pela Prefeitura de Vassouras. Em 1985, ganhou o nome de “Casa De Cultura Presidente Tancredo Neves”, e passou a abrigar a Biblioteca Mauricio de Lacerda e o Arquivo Público Municipal, hoje em poder do IPHAN.

Em 2017, o prédio foi reformado por Lucinha Araújo, mãe de Cazuza, um dos grandes símbolos da música e poesia contemporâneas. Lucinha sempre teve um forte laço com Vassouras, pois nasceu em um dos cômodos de nossa “Casa de Cultura”. Seu carinho e suas fortes ligações com a cidade, fizeram com que assumisse totalmente as obras de restauro e modernização da casa. O local foi reaberto então como “Centro Cultural Cazuza”. Hoje, nas novas instalações, há uma sala com exposição permanente sobre a vida e a arte do poeta.

Desde então, este centro de arte viva tem sido muito frequentado pela comunidade de Vassouras e turistas de várias partes do país e do mundo. Todos os visitantes elogiam bastante a organização de seu acervo e destacam, principalmente, o “sentimento de paz” que o ambiente passa. É verdade. Tem lugares onde a tranquilidade é tão presente, que parece que ‘’o tempo não passa’’. Na verdade, em Vassouras, o tempo não para. O tempo é de Cazuza, da música, da arte e da cultura bem mais valorizada.

Interior da igreja matriz de Nossa Senhora da Conceição

Uma das primeiras construções da cidade erguida em 1828, pelo Barão de Aiuruoca. Tem lugar central na colina onde se estende a Praça Barão de Campo Belo.

Além da beleza arquitetônica externa, possui um interior extremamente bem decorado com temas sacros e um painel rodeando o nicho com a imagem da padroeira. A partir de 2003, a Igreja ganhou linda iluminação cênica. Aos domingos funciona uma monstra de arte sacra com lindas peças históricas.

Com este projeto a Prefeitura de Vassouras muda a perspectiva de sua cidade. Através da fotojornalismo, foi possível alinhar inovação, tecnologia e comunicação social.

URL original: https://g1.globo.com/rj/sul-do-rio-costa-verde/especial-publicitario/prefeitura-de-vassouras/noticia/2019/11/29/vassouras-360-beleza-em-todos-os-angulos.ghtml

No comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Reply

ERROR: si-captcha.php plugin says captcha_library not found.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>