15/01/2015
Uma noite inesquecível.
Cláudio Francioni

“Valeu! Que o dia nasça lindo pra todo mundo amanhã! Por um Brasil novo, com uma rapaziada esperta. Valeu!”

Com essa frase, Cazuza dava por encerrado o primeiro dos dois shows do Barão Vermelho no Rock in Rio ’85, no mesmo dia em que um presidente civil foi eleito depois de 21 anos de ditadura militar no país. A frase resumia todo o sentimento de uma geração, esperançosa por dias melhores.

Ok, sei que nem tudo melhorou por aqui e essa rapaziada nova nem era tão esperta assim. Ou até era, porém em outro sentido da palavra. Mas esse dia é emblemático na vida de milhões de jovens que tinham seus anseios representados em cada letra do rock nacional da época.

Tremei, quartentões, cinquentões e sessentões. Nesta noite, comemoramos 30 anos deste momento.

Na mesma noite, apresentaram-se Eduardo Dusek (ainda com um “s”), Kid Abelha (ainda com os Abóboras Selvagens), AC/DC e Scorpions.

Assistir

No comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Reply

ERROR: si-captcha.php plugin says captcha_library not found.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>