11 de setembro de 2014

O LANCE! Net convidou o ex-presidente do Flamengo, Helio Ferraz, para comentar sobre o aumento dos preços dos ingressos do próximo jogo do clube, contra o Corinthians, domingo, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. O ex-mandantário da Gávea falou sobre as consequências do reajuste e pontuou questões importantes.

Confira abaixo o texto de Helio Ferraz:

‘Faz parte do meu show? Faz parte do meu show, meu amor’ – Cazuza

O debate sobre o retorno do aumento de preços de ingressos no Maracanã, domingo para o jogo Flamengo e Corinthians, reflete que parte da direção não compreendeu que a presença da grande massa popular de torcedores do Flamengo nos estádios seja parcela essencial da magia e do espetáculo de nossas vitórias no campo.

Todos que vivem o dia a dia do futebol, sabem também: “há mais razões entre o céu e a terra do que supõe a vã filosofia”.

O mais dramático deste equívoco é ter origem no setor do clube que melhor poderia entender que a atmosfera do estádio começa no setor mais afetado e é o fator maior de estímulo ao desejo dos mais abastados em participar da festa, popular por definição.

Assim, recordo entrevista à revista France Football com presidentes dos grandes clubes do mundo, sobre o conflito paixão x negócio, quando respondi que o conflito era falso, com a frase que foi manchete de capa:

“Notre affaire c’est la passion”. “Nosso negócio é a paixão”.

O vice de futebol, do alto de sua juventude, disse que manteria os preços dos ingressos porque compreende na plenitude o significado dos conceitos presentes em crônica épica sobre o Manto Sagrado: “… time e torcida completam-se em uma integração definitiva… O torcedor rubro-negro não… Na derrota ele agoniza como um Cesar apunhalado… Quando o time não dá nada, a camisa é içada… como uma Bastilha inexpugnável…”

Defendo, como política, setores com ingressos a preços elevados; camarotes, Maracanã Mais, etc, sem abrir mão, entretanto, do espaço majoritário – destinado à parcela fundamental do espetáculo do qual todos amamos participar – os setores populares.

Nosso presidente compreende e vai restabelecer a política de preços para frente, para repetirmos os recentes recordes de público e vitórias com escalação completa, sem desfalque na arquibancada.

“Faz parte do meu show”, disse o poeta.

“Faz parte do nosso show”, disse o Alexandre.

No comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Reply

ERROR: si-captcha.php plugin says captcha_library not found.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>