Show ‘Agenor – um tributo a Cazuza’, organizado por Zé Pedro, aconteceu nesta quarta-feira, 28, na Zona Sul do Rio.
Foi através de uma inspiração vinda pela madrugada que o DJ Zé Pedro decidiu organizar um projeto para homenagear Cazuza, com pelo menos 20 canções pouco conhecidas do cantor e compositor. Batizado como ‘Agenor um tributo a Cazuza’, o show aconteceu na noite desta quarta-feira, 28, na casa de espetáculos Miranda, localizada na Lagoa, Zona Sul do Rio.

Durante todo o tempo desse projeto eu senti o Cazuza do meu lado principalmente durante as audições. Sentia que ele queria se misturar com a gente de alguma forma. Ele estava ali o tempo todo. É uma sensação muito agradável e eu fui recebendo então pequenos sinais para tocar esse projeto. Conheci o Cazuza muito pouco, na época em que eu ainda era caixa de um banco, mas nunca pessoalmente. É um fato muito curioso, mas esse ano não se comemora nenhuma data em especial do Cazuza, mas o nome dele está forte e mais presente do que nunca. Tem o Rock in Rio, esse nosso projeto aqui, a Maria Gadú que vai cantar músicas dele e ainda o musical no teatro. Hoje, tenho certeza de que ele também vai estar aqui assistindo a gente – disse Zé Pedro ao EGO.
Lucinha e Zé Pedro
Outro fator muito curioso foi que “Agenor” – nome de batismo do Cazuza – acabou sendo escolhido sem explicação para batizar a homenagem: “A gente não tinha definido ainda o nome do projeto, mas internamente a gente chamava de Agenor. É um nome forte, exótico e que de repente já estava estampado no que a gente criava”, relembrou Zé Pedro.

O projeto que deu origem a um CD consiste na regravação de algumas composições de Cazuza que não são tão populares: -Tinha 20 músicas na minha gaveta e fui comentando sobre isso a ideia de criar o projeto com alguns amigos que realizaram as regravações. Cada faixa é totalmente autoral. O que eu pedi aos músicos foi que a poesia não sofresse nenhuma modificação ou interferência. Mostrei uma das faixas para a Marina Lima e ela simplesmente caiu no choro. Tudo foi mantido como o Cazuza fez-, explicou o DJ.

A mãe do poeta, Lucinha Araújo, agradeceu emocionada pela homenagem ao filho morto: -O que o Cazuza fez foi deixar uma imensa lacuna na música popular brasileira. Não teve ainda ninguém tão bom quanto ele para preencher essa lacuna e enquanto eu viver espero que ela não seja preenchida. Não foi somente pelas canções que deixaram uma marca, mas foi a coragem dele que ficou de exemplo para todos nós-, discursou Lucinha.
Lucinha show agenor

No comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Reply

ERROR: si-captcha.php plugin says captcha_library not found.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>